Ex-namorada do cantor Eduardo Costa pede reajuste de pensão na Justiça

0
272

A ex-namorada do cantor Eduardo Costa, Lília Araújo, entrou na Justiça para pedir um reajuste da pensão que recebe do artista. A declaração foi dada por ela, em uma entrevista para o canal do Youtube “Na Lata”, comandado por Antônia Fontenelle, divulgada nesta segunda-feira (15/10).

Lília e Eduardo se conheceram em 2001, e chegaram a morar juntos durante um tempo. A relação, no entanto, começou a desgastar quando ela engravidou de Maria Eduarda, que atualmente tem 12 anos, e não pôde mais acompanhar o cantor em sua carreira. “As coisas começaram a melhorar por um lado, e por outro lado, ficou muito complicada a convivência, que ficou muito difícil. Ele sempre foi muito ciumento”, contou ela. Com as brigas constantes, os dois decidiram se separar.

A ex do cantor também confessou que, apesar de Eduardo ter um temperamento explosivo, ele nunca chegou a agredi-la: “comigo nunca fez nada”. Lília disse que recebia várias intimações do sertanejo, e que por isso, entrou em contato com um advogado. “Ele me sugeriu que procurasse a mídia”, completou.

Na época, ela e o cantor entraram em um acordo, onde ele garantia que iria cumprir com algumas obrigações, e em troca, ela iria assinar um documento abrindo mão de alguns direitos; “eu não queria nada, queria simplesmente dar uma condição melhor para nossa filha”.

Lílía comentou  ainda que abdicou da vida profissional para se dedicar à cuidar da filha, à pedido dele, mas que não se arrepende. “Ele não queria que eu trabalhasse, queria que eu ficasse por conta da criação dela. E eu faço isso e não me arrependo. Abri mão de tudo: trabalho, estudo, tudo. Eu me dedico até hoje à educação dela”, declarou, acrescentando, porém, que precisa ter condições. Atualmente, a filha de Eduardo com Lilía recebe 10 salários de pensão; o valor fica em torno de R$ 9 mil reais.