Polícia detalha novas informações sobre crime de motorista de App em Vitória da Conquista

0
234
 

Os dois suspeitos de envolvimento na morte do motorista por aplicativo Pedro Henrique Santos Barros, de 20 anos, planejaram roubar um carro por meio de um aplicativo e matar o motorista para que o crime não fosse descoberto. Essas são as informações iniciais levantadas pela polícia, sobre a investigação do caso, que ocorreu em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, na quarta-feira (21).

De acordo com a Polícia Civil de Vitória da Conquista, os dois suspeitos queriam roubar um veículo e fugir para Ilhéus, cidade no sul do estado. Eles usaram o aplicativo para chamar um carro, que seria roubado e vendido. E o motorista seria morto, para despistar as investigações.

Ainda segundo a polícia, o perfil de Pedro Henrique foi o primeiro a aceitar a corrida solicitada pelos suspeitos. “Eles planejaram o crime, mas não escolheram o alvo, iriam matar qualquer motorista que atendesse”, disse o delegado Marcelo Cavalcanti, que apura o caso.

O corpo do motorista foi achado no mesmo dia do crime. De acordo com a polícia, a vítima não reagiu a abordagem. “Eles deram voz de assalto, levaram o veículo até as margens do Anel Rodoviário, onde infelizmente assassinaram o condutor, a golpes de faca e pedradas”, detalha Cavalcanti.

Com informações do G1 BAHIA